terça-feira, 18 de maio de 2010

Sem nome :S


Estava eu meu computador em uma dessas madrugadas da vida, e me peguei pensando exatamente o que eu quero no momento. Sabe, não tenho um pensamento louco de que vou encontrar uma pessoa e viver com ela para sempre. Até porque desejo fazer muitas coisas na vida e NÃO quero estar comprometida. Mas um namoro de vez enquando não faz mal a ninguém. Me entregar e poder dar amor pra uma pessoa que realmente seja digna daquilo , que queira aquilo e me devolva mutuamente. Isso é o que todos querem , eu sei, mas acho que eu cheguei em um momento que preciso disso. "/


L'amour - Carla Bruni

O Amor
O amor, hum hum, não foi feito para mim
Todos esses para sempre
Não são claros, são instáveis.
Chegam sem se mostrar
Como um traidor disfarçado
Machuca-me ou cansa-me, dependendo do dia.

O amor, hum hum, não tem nenhum valor
Não me inquieta
E disfarça-se de suave/meigo...
E quando explode, quando me morde
Aí sim, é pior que tudo,
Porque eu quero, hum hum, cada vez mais.

Por que esses tantos prazeres, arrepios,
E todas essas carícias e pobres promessas?
Do que adianta se deixar envolver
O coração em chamas, e não entender sobre isso,
É tudo uma emboscada

O amor não é para mim
Não é um Saint Laurent(griffe de moda)
Não me cai perfeitamente
Se eu não encontro o meu estilo não é por não ter tentado
E do amor eu desisto!

Por que esses tantos prazeres, arrepios, e todas essas carícias e pobres promessas?
Do que adianta se deixar envolver
O coração em chamas,
Não entender sobre isso,
É tudo uma emboscada

Eu não quero o amor,
Prefiro de tempos em tempos
Eu prefiro o gosto do vento
O gosto estranho e suave da pele dos meus amantes.
Mas o amor, hum hum, de jeito nenhum!

Nenhum comentário:

Postar um comentário